Com o objetivo de ser uma alternativa ao modelo aplicado atualmente nas escolas, o professor da Universidad Autónoma de Madrid Augustín Gascón apresenta a ideia de uma pedagogia radical e inclusiva. A ideia é que ela seja mais aprofundada, a partir da tomada de consciência que deve começar pelo professor e depois ser transmitida ao aluno. Augustín, que é Doutor em Filosofia e Ciências da Educação, propõe uma terceira dimensão no currículo, apontando temas desejáveis, que deveriam ser incorporados, e temas indesejáveis, que deveriam ser abandonados. Ele explica mais sobre o assunto e apresenta os resultados pretendidos a partir da aplicação dessa proposta.